3ª Festa do Peão de Boiadeiro vai custar mais de R$ 2,6 milhões aos cofres públicos de Castro

3ª Festa do Peão de Boiadeiro vai custar mais de R$ 2,6 milhões aos cofres públicos de Castro

Da Redação

A política do pão e circo é uma expressão muito conhecida e remete ao império da Roma Antiga, quando o imperador Cezar utilizava distrações como comida e entretenimento para apaziguar a população. O ano é 2022, e a cidade é Castro, e por aqui podemos adaptar a expressão para rodeio e shows.

Nesta quinta-feira (17) iniciou a programação da 3ª Festa do Peão de Boiadeiro, promovida e custeada pela Prefeitura de Castro, que conta com uma grade de show nacionais que vai desde Jorge e Mateus; Diego e Victor Hugo; Jads e Jadson; João Carreiro e a dupla Zé Neto e Cristiano, dentro dos festejos alusivos aos 318 anos de Castro.

Como a festa é promovida com recursos públicos e os ingressos estão sendo distribuídos de forma gratuita com a única exigência, conforme publicação da página da Prefeitura de Castro no Facebook, que seja apresentada a carteira de vacinação com a segunda dose da vacina do Covid-19, o Página Um News realizou levantamento dos custos da Festa do Peão Boiadeiro, afinal é a população castrense que vai pagar a conta, nada mais justo que apresentar o saldo da fatura que o prefeito Moacyr Fadel deixará para os cofres públicos.

Até o momento foram publicados no Portal da Transparência da Prefeitura de Castro dez contratos que envolvem contratações para as festividades que ultrapassam os R$ 2,6 milhões, para cobrir despesas que vão desde reparos no Parque de Exposições Dário Macedo, contratações de shows e estruturas para a realização do rodeio.

Dois contratos com a empresa Interprise Banda Show Ltda chamam a atenção pelo valor, que juntos somam R$ 1.143.502,81 e segundo o mesmo portal da transparência são destinados a contratação de empresa especializada em organização e produção de eventos para realização da 3ª Festa do Peão de Boiadeiro de Castro, locação de estrutura, sonorização, iluminação, banheiros químicos, geradores, mesas, cadeiras e arquibancadas.

Os shows custarão R$ 1,4 milhão e serão custeados integralmente pela Prefeitura de Castro.

Na primeira noite sobe ao palco a dupla sertaneja Diego e Victor Hugo que cobrou cachê de R$ 200 mil. A dupla Jorge e Mateus se apresenta na sexta-feira (18) e o custo do show ficou na bagatela de R$ 450 mil. No sábado (19) o palco do rodeio recebe “Brutos de Verdade” com a dupla Jads e Jadson e o cantor João Carreiro, que receberão cachê de R$ 185 mil e R$ 130 mil, respectivamente. No domingo (20) encerra a grade de shows uma das duplas sensação do momento, Zé Neto e Cristiano, que embolsarão R$ 453 mil. Fecham a conta as contratações para serviços de limpeza e manutenção com três contratos que somam R$ 94.101,00.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.