Equipe volante agiliza atendimento à famílias em vulnerabilidade social de Castro

Equipe volante agiliza atendimento à famílias em vulnerabilidade social de Castro

Da Assessoria

Com o aumento do número de famílias em busca dos serviços da assistência social como os benefícios de transferência de renda e benefícios eventuais, a Prefeitura de Castro, por meio da Secretaria Municipal da Família e Desenvolvimento Social está realizando atendimento volante às famílias em vulnerabilidade social. Foram contratados pelo período de seis meses, sete assistentes sociais, três psicólogos e três motoristas com financiamento extraordinário para o Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

O trabalho da equipe visa o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários, além de auxiliar na superação das fragilidades ocasionadas especialmente em consequência da pandemia do coronavírus.

O projeto está em execução há três meses nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) e nos Centros de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS). Nesse período foram feitas 800 visitas domiciliares e busca ativa de famílias em situação de extrema pobreza, beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC – idosos e pessoas com deficiência), evasão escolar, em descumprimento ao programa Bolsa Família e vítimas de diferentes tipos de violação de direitos.

Até o mês de agosto foram atendidas 50 famílias que tiveram membros acometidos pela Covid-19, encaminhadas para serviços, benefícios, programas municipais da política de assistência social, saúde, trabalho e educação, entre outros. Se houver necessidade, as famílias são incluídas em acompanhamento individual e ou em grupos nos CRAS e CREAS.

A equipe volante está fazendo mapeamento dos territórios de maior vulnerabilidade, riscos e violações de direitos atendidos pelos equipamentos para identificação de outras demandas como evasão escolar, projetos de horta na área rural, violência doméstica e contra a pessoa idosa, e de cuidados aos profissionais que atuam na política de assistência social.
Após o mapeamento, as demandas serão analisadas e transformadas em programação para novas ações e projetos.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.