Comissão de Mulheres da Castrolanda e Sicredi promovem evento sobre educação financeira

Comissão de Mulheres da Castrolanda e Sicredi promovem evento sobre educação financeira

Da Assessoria

A Comissão Mulher Cooperativista da Castrolanda retomou as atividades presenciais após mais de um ano e meio somente com ações online por conta da pandemia de Covid-19. O grupo realizou, na última terça-feira (5), em parceria com a Sicredi Campos Gerais, uma palestra sobre educação financeira e produtos de investimento.  O evento aconteceu no Hotel Buganville e teve a participação de 52 mulheres cooperativistas.

Com o planejamento da retomada das atividades presenciais da Comissão em outubro, a palestra foi organizada respeitando o número de participantes e os demais cuidados sanitários. A gerente de Desenvolvimento do Cooperativismo da Sicredi Campos Gerais, Juliana Denck, abriu o evento falando sobre a relação que as pessoas têm com o dinheiro e, na sequência, o gerente de Investimentos da cooperativa de crédito, Gustavo Kulik, falou sobre os produtos de investimento. As palestras fazem parte de um trabalho voluntário do Sicredi em que os colaboradores vão nas empresas falar sobre educação financeira.

Lideranças femininas

Juliana destaca que, assim como a Castrolanda, a Sicredi também busca formar lideranças femininas. “Por muito tempo, esse foi um assunto 100% masculino, e não faz tanto tempo assim se a gente for buscar na história. As mulheres não eram chamadas para reuniões que falassem sobre investimentos, economia. Precisamos estar cientes de tudo que está acontecendo na nossa economia, estar presentes nas reuniões, independentemente dos temas que sejam. Isso também está dentro dos ODS [Objetivos do Desenvolvimento Sustentável], que é a redução das desigualdades e a igualdade de gênero”.

Debora Noordegraaf afirma que o curso auxilia as mulheres cooperativistas tanto na gestão financeira pessoal como das propriedades. “É de grande valia entender um pouco sobre esse universo de gestão financeira, saber se organizar com as despesas, com a entrada de receita. Tem a casa e a propriedade e, se você consegue se disciplinar, ter uma gestão financeira, saber o que gasta no mês, o orçamento da propriedade, você consegue se ajustar melhor. Toda vez que a gente dispõe do nosso tempo para fazer um treinamento, participar de uma palestra, é sempre um aprendizado. Quanto mais oportunidades as mulheres aproveitarem para aprender, melhores elas se tornarão na gestão pessoal e da propriedade”.

Princípios do cooperativismo

A palestra sobre educação financeira também reforça os princípios do cooperativismo, conforme relata Juliana. “Nesse evento, usamos três princípios: a intercooperação, o interesse pela comunidade e a educação, formação e informação. Então, é uma ação de duas cooperativas que são irmãs, nasceram na nossa região e juntas podem desenvolver muitas outras ações. As cooperativas devem se apoiar em todos os temas, porque somos norteadas pelos mesmos princípios”.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.