Resultados saíram perto de 22 horas

Resultados saíram perto de 22 horas

Luana Dias

Neste ano demorou mais para sair o resultado das eleições municipais, ocorridas no domingo (15), em 5.567 cidades brasileiras, que o acostumado. De acordo com declaração do ministro e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, problema técnico provocou lentidão na totalização dos votos, fazendo com que, em grande parte das cidades, o resultado final só estivesse disponível cerca de três horas mais tarde do que ocorre habitualmente.
Em anos anteriores, a partir das 19 horas a maioria dos municípios já sabia quem eram os eleitos no pleito, neste ano, até as 21h47 pouco mais de 60% dos votos tinham sido totalizados.
Conforme explicou o ministro durante entrevista em cadeia nacional, ainda no domingo (15), o problema técnico foi provocado por uma falha em um dos núcleos de processadores do supercomputador que processa a totalização de votos. Barroso também afirmou que o problema com o hardware teve origem no TSE, e que não há relação com o envio dos resultados feito pelos tribunais regionais eleitorais.

Em 2020 totalização se concentrou no TSE
Apesar de a informação não ter sido confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral, acredita-se que uma novidade que fez parte do processo eleitoral neste ano pode ter contribuído com a falha, que foi responsável pelo atraso na totalização dos votos. Nestas eleições os dados foram concentrados no TSE, diferente dos anos anteriores, quando os boletins das urnas eram transmitidos para computadores dos TREs, que reuniam todos os votos e enviavam para o TSE. A alteração foi determinada pela Corte para centralizar os dados dos 5.567 municípios no tribunal superior, através de uma nuvem computacional.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.