Técnico castrense e da Seleção Brasileira é vice-campeão no Sul Americano de Basquetebol em Cadeira de Rodas

Técnico castrense e da Seleção Brasileira é vice-campeão no Sul Americano de Basquetebol em Cadeira de Rodas

Da Assessoria

O técnico da Seleção Brasileira de Basquetebol em Cadeira de Rodas (BCR), Josias Machado, que também é o treinador da equipe castrense Leões e Leoa do Iapó, foi vice-campeão na terça-feira (14), pelo Campeonato Sul Americano de Basquetebol em Cadeira de Rodas disputado em Buenos Aires, na Argentina.

Esse foi o primeiro compromisso internacional depois da convocação como técnico da seleção. Sete equipes disputaram o campeonato representando Bolívia, Chile, Uruguai, Venezuela, Argentina, Colômbia e Brasil.

Josias, que desde 2015 trabalha com a modalidade BCR, destaca que a comissão técnica estudou os principais adversários que são a Colômbia, por ter sido a equipe que representou a América do Sul nas Paralimpíadas de Tóquio deste ano, e a Argentina, antiga rival da Seleção Brasileira. “A análise também se estendeu para as equipes da Venezuela e Chile, que nos últimos anos se destacaram, além de Uruguai e Bolívia que também vêm crescendo”, ressaltou. 

As etapas de treinamento da seleção foram realizadas em São Paulo e Rio de janeiro no meses de outubro e novembro. Participaram 20 atletas, dos quais foram selecionados 12.

O campeonato iniciou em 6 de dezembro e a Seleção Brasileira disputou seis jogos, todos com pontos corridos. A disputa pela medalha de prata ocorreu contra a Colômbia, no ponto a ponto, e o jogo só foi decidido nos minutos finais com o Brasil vencendo por 53X49. Na disputa pelo ouro, o resultado final foi de 52X37 para a Argentina.

De acordo com Josias, na avaliação da comissão técnica, o resultado foi positivo, haja vista que as três primeiras colocações garantiram vaga na Copa América, que por sua vez, garante vaga para o Mundial em Dubai, nos Emirados Árabes. Na sequência tem o Parapan que garante mais uma vaga para as Paralimpíadas de Paris em 2024. “Isso tudo dentro de um projeto de renovação para as Paralimpíadas de Los Angeles em 2028. O objetivo é continuar buscando novos talentos para renovar com inteligência a equipe de alçar voos mais altos. As portas estão abertas para pessoas de todo o Brasil que sonham em estar na seleção brasileira”, finalizou Josias.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.