Operário vence o Rio Branco aos 45 minutos do segundo tempo

Operário vence o Rio Branco aos 45 minutos do segundo tempo

*Matheus de Lara

Ponta Grossa – Em jogo disputado na tarde desta quarta-feira (31), no Estádio Germano Kruger, o time do Operário Ferroviário venceu o Rio Branco, por 1 x 0 aos 45 minutos do segundo tempo e de pênalti. É a primeira vitória do Fantasma no Paranaense, após três jogos.

A penalidade só aconteceu após o volante Paulo Henrique, do Rio Branco, tocar com a mão na bola dentro da área. Ricardo Bueno, do Fantasma, cobrou o pênalti e marcou, dando resultados finais a partida.

Com o resultado, o Operário soma quatro pontos e alcança a quarta colocação. Já o adversário permanece com os mesmo quatro pontos da rodada anterior e ocupa a quinta posição.

Primeiro e segundo tempo

A primeira boa chance do Fantasma foi aos 11 minutos quando Rafael Oller cobrou falta na área e a defesa afastou. Dois minutos depois, Alex Silva recebeu passe de Oller e puxou contra-ataque, mas a defesa tirou. Aos 20 minutos, Oller cobrou falta pela esquerda, Ricardo Bueno mandou de cabeça e a bola desviou na zaga adversária. Aos 27 minutos, Alex deu passe para Leandro Vilela, que mandou rasteiro, mas a bola foi para fora. Cinco minutos depois, Pedro Ken cruzou e Bueno tentou uma bicicleta, mas a bola foi por cima do gol. Aos 33, Marcelo arriscou o chute e o goleiro desviou para fora. Antes do fim da primeira etapa, o meia cobrou escanteio e Alex tentou mandar na primeira trave, mas a defesa tirou.

Na segunda etapa, o Operário voltou a criar chances e chegou ao gol. Aos oito minutos, Vilela cruzou, Marcelo tentou de cabeça e a bola foi para fora. Aos 15 minutos, Ricardo Bueno cobrou falta e mandou no canto, mas o goleiro saiu para fazer a defesa. Aos 30, foi a vez de Schumacher cabecear na trave. Quatro minutos depois, em cobrança de falta, Tomas Bastos cobrou direto e o goleiro espalmou.

Avaliação do treinador

Em entrevista coletiva online, o técnico Matheus Costa falou sobre a vitória. “No Paranaense, nós tivemos jogos muito parecidos, com equipes muito dispostas a se defender e a contra-atacar, disputar bola parada. Cabe a nós procurar criar alternativas para furar esses bloqueios. Fico satisfeito pelo resultado de hoje. A equipe do Rio Branco ainda não tinha sofrido gol. Nós insistimos até o final e tivemos uma grande oportunidade através de um pênalti para conquistar essa vitória. Óbvio que a gente nunca pode estar satisfeito, tem coisas que ainda precisamos melhorar. Mas isso é muito característico do estadual, as equipes que estão vencendo são de maneira muito próxima. Parabéns a todos os atletas que acreditaram até o fim e buscaram esse resultado, que pra nós foi muito importante”.

*Com Assessoria

Foto: Divulgação / André Jonsson/OFEC

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.