Fantasma precisa vencer o Londrina para avançar à final do Paranaense

Fantasma precisa vencer o Londrina para avançar à final do Paranaense

Matheus de Lara

Ponta Grossa – Após um mês da partida de ida da semifinal do Paranaense, no Estádio do Café, em Londrina, o Operário Ferroviário e o time do Tubarão se enfrentam novamente para decidir quem vai seguir para a grande decisão da final do campeonato. O duelo acontece nesta terça-feira (6), a partir das 15h20, no Estádio Germano Kruger. A equipe ponta-grossense precisa vencer por um gol para ir aos pênaltis ou de dois gols de diferença para garantir sua vaga direto para a decisão, isso porque o adversário venceu por 1 a 0 o primeiro confronto. A equipe do Operário realizou seu último treino na segunda-feira (5).

A trajetória do Operário ao longo do Paranaense começou no final de fevereiro. Na primeira fase com 11 rodadas, somou sete vitórias, dois empates e duas derrotas, se classificando em primeiro lugar com 23 pontos. A maior goleada na competição foi quando recebeu no Estádio Germano Kruger, o Cascavel CR, em 12 de maio e venceu por 9 a 0. Já na quarta de final, em jogo de ida e volta, a equipe enfrentou o Azuriz. No primeiro jogo a equipe de adversária começou ganhando de 1 a 0, e na volta o Operário empatou e levou a decisão para os pênaltis. Coube o Fantasma eliminar em casa o Azuriz por 4 a 3 nas penalidades.

Na manhã desta segunda-feira (5), o meio-campista Leandro Vilela e o volante Fábio Alemão, do Operário, deram entrevista coletiva. Leandro disse que não vai ser fácil vencer a partida de hoje. “Toda a equipe precisa ser positiva e forte, para reverter essa situação. O aprendizado que tive com o meu pai e levo comigo até hoje, se eu só ficar pensado nos problemas não vou conseguir pensar e ter a solução, é o que a gente pode fazer amanhã dentro de campo. Nada vai apagar o que aconteceu em Recife, mas a gente pode dar uma resposta diferente. Se nos tiver determinação e entrega dentro de campo, com certeza vamos estar mais perto da vitória”.

Para Fábio, e o jogo que não tem bola perdida. “Toda a bola vai ter que ser nossa, e principalmente diferente de outros jogos é aproveitar as oportunidades, que vamos criando bastante, mas o que está tendo de diferença é que não estamos conseguindo concluir um gol, mas nesta terça é o dia que todo mundo está focado, concentrado, e acreditando que a bola vai entrar e vai sair como a gente espera”.

O técnico Matheus Costa conta como espera o confronto da decisão para a vaga na final. “É um jogo extremamente decisivo, batalhamos muito para chegar nesse momento, fazendo um estadual muito positivo de uma forma muito consistente, e chegamos no momento que precisamos darmos uma resposta para o torcedor, e eu vejo a equipe muito bem preparada para essa decisão, é algo que a gente almeja desde o início da temporada, por méritos nossos estamos trazendo essa decisão aqui para casa, e esperamos corresponder e sair classificados para a final”.

Tratamento

Seguem no departamento médico e se recuperam de lesões, o zagueiro Rafael Bonfim que está com lesão no menisco lateral do joelho direito, pós-operatório, em transição com a preparação física, o meia Cleyton, com lesão muscular grau III anterior da coxa esquerda, também em transição para preparação física, o Volante Marcelo Santos, também com lesão muscular grau III posterior da coxa esquerda em transição com a preparação física, e o atacante Ricardo Bueno que está com lesão muscular grau II anterior da coxa direita, que segue em tratamento com a fisioterapia.

Na Série B

Pelo Campeonato Brasileiro da Série B, Operário na sexta-feira (2), foi derrotado por 5 a 0, quando enfrentou o Náutico, no Recife, em jogo válido pela nona rodada da competição. Na tabela de classificação, o Fantasma está em 10° lugar com 12 pontos. No sábado (10), às 11 horas, enfrenta o Brasil de Pelotas, em casa no Estádio Germano Kruger, pela décima rodada.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.