A culpa é de quem?

A culpa é de quem?

Por mais que a natureza insista em gritar por socorro, o homem continua a ignorar ou fazer pouco. A morte de peixes do Rio Iapó, na nossa cara, em um dos mais antigos cartões postais de Castro, é de lamentar. Nesse último domingo, não foram poucos que se divertiam mostrando como troféus os peixes tirados com as próprias mãos, sem o uso de varas ou qualquer outro apetrecho de pesca. Peixes de cinco, oito quilos, senão mais, agonizando no leito do rio. As imagens viralizaram nas redes sociais e a causa, ou causas das mortes começam a ser investigada. Pode ser contaminação, falta de oxigênio na água devido à estiagem, e até a queimada na sexta-feira (3) em uma várzea, local de alimento e até de procriação de peixes. Seja qual for o resultado, uma certeza se tem. O homem é cem por cento culpado!

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.