Gasolina já é comercializada a R$ 5,55 o litro em Carambeí

Gasolina já é comercializada a R$ 5,55 o litro em Carambeí

Emerson Teixeira

Carambeí – Os preços dos combustíveis tiveram mais uma queda na última semana, é a quarta desde a aprovação de corte de impostos pelo Governo Federal. Segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis) o acumulo na redução já está em 20,3%. A gasolina, em Carambeí, já está sendo comercializada abaixo dos R$ 6 o litro em todos os postos de combustíveis da cidade.

No início do mês junho, o sistema do Governo do Paraná, Menor Preço, que mostra o valor das mercadorias, apontava que o valor do litro da gasolina custava mais de R$ 7 nesse mesmo estabelecimento que hoje está comercializando a gasolina a R$ 5,55 o litro. Em um posto da Avenida dos Pioneiros o valor do litro está R$ 5,60. Já nos dois postos às margens da Rodovia PR-151, o preço praticado está na casa dos R$ 5,67.

Essa redução no valor do litro da gasolina não anima empresários que utilizam veículos movidos com esse combustível. O empresário Luis Antonio Pedroso Moreira, proprietário de uma frota de carros que presta serviços de transporte de passageiros por aplicativo, conta que a redução no valor do litro da gasolina não reduziu os custos, uma vez que outros itens na manutenção dos automóveis tiveram reajustes. “Ainda não senti diferença, baixou o preço do combustível, mas o valor da manutenção aumentou, do óleo e outros itens. Está elas por elas, ainda não consegui me recuperar”, relata.

Luis conta que está mantendo o valor da tarifa e diminuiu a margem de lucro, mas reclama da concorrência desleal que é praticada no município. “Eu tenho empresa formalizada, outros também, mas tem vários carros clandestinos, tem proprietários de veículos que não tem nem o documento do carro em dia e está rodando como Uber, isso também prejudica muito o nosso trabalho, ninguém é proibido de trabalhar, mas tem que estar conforme a lei”, desabafa.

Denis Fernandes, proprietário de uma distribuidora de gás e água, também aponta que a redução no valor da gasolina não refletiu na redução de custos de sua empresa. “Pelo contrário, os custos elevaram bastante, no meu caso tem a questão dos impostos, mecânica de carro, o valor das peças subiram, tem funcionário para pagar. Reduzir o valor do combustível da forma que reduziu não trouxe benéfico, já gasto um valor x por dia, não teve melhora, continuo na mesma situação, ficaria melhor se diminuísse ainda mais o valor do litro, na casa dos 4 reais como era antes, mas isso a longo prazo”, declara.

Diesel

Denis aponta que os custos seguem elevados porque as mercadorias são transportadas por caminhões e o preço do litro do diesel não teve redução significativa.

“Toda mercadoria que chega na revenda depende do diesel, embora eu tenho caminhão próprio para o transporte do material, não mudou em nada, os custos continuam os mesmos. O diesel impacta em tudo, se baixasse o valor do diesel, mas a questão é que o diesel não baixou”, aponta.

Em Carambeí, segundo o aplicativo Menor Preço, o posto de combustível que comercializa mais barato o litro do diesel está praticando R$6,87. No início de junho esse valor ultrapassou os R$ 7.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.