Cosa explica que seu desligamento na direção do Detransede tem a ver com a Covid

Cosa explica que seu desligamento na direção do Detransede tem a ver com a Covid

Emerson Teixeira
Especial P1 News

Carambeí – Exonerado do cargo de diretor do Departamento de Trânsito, Segurança Pública e Defesa Civil, Antônio Joel Cosa explicou ao Página Um News, os motivos que o levaram a sair. O decreto de exoneração do cargo foi publicado no Diário Oficial do Município na edição de quarta-feira (24) e, desde então, a reportagem buscava esclarecimentos do ex-diretor.
Por WhatsApp, Cosa afirmou que o motivo está relacionado aos efeitos do Coronavírus. “Depois da Covid, eu fiquei com sequelas. Uma delas vem afetando minha memória. Tenho que me afastar de tudo, pelo menos, uns seis meses para tratar da saúde”, justificou.

Pela manhã, de acordo com o assessor de comunicação da Prefeitura de Carambeí, Gleidson Carlos, Cosa pediu o desligamento para tratamento de saúde. “Ele vinha desenvolvendo importantes projetos a frente do departamento, como a alteração no sentido de ruas do Centro, Centro Cívico, Jardim Europa, Jardim Novo Horizonte, Jardim Eldorado e Vila Banana e a instalação do semáforo no cruzamento da Avenida dos Pioneiros com a Rua da Campina e deixou projetos elaborados que serão colocados em prática nos próximos meses”, destacou.

É a terceira baixa do quadro de cargos de confiança da prefeita Elisangela Pedroso. Na semana passada o diretor de Informática, Edison Rodrigo Coelho de Moura, pediu exoneração após 16 anos a frente do departamento público e assumiu uma vaga no setor privado. No seu lugar foi nomeado Matheus Vinicius do Carmo. No início do mês, também por questões de saúde, Gisele Henzel Portella pediu o desligamento do cargo de assessora de gabinete. Para a vaga, no dia 19 de novembro, foi nomeada Luciele Kochanski Mocelim.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.