UEPG apresenta projeto do Instituto Médico Legal e Centro de Anatomia

UEPG apresenta projeto do Instituto Médico Legal e Centro de Anatomia

Da Assessoria

Ponta Grossa – A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) entregou à Secretaria de Segurança Pública do Estado, na última semana, os projetos da nova unidade da Polícia Científica do Paraná em Ponta Grossa. O prédio, que será construído no Campus Uvaranas, conta com um Centro de Anatomia anexo à estrutura do Instituto Médico Legal (IML). O anteprojeto foi elaborado de forma conjunta pela Pró-reitoria de Planejamento (Proplan) e pela Polícia Científica. Os projetos complementares foram contratados por meio de licitação pública e podem ser utilizados em outras universidades, com as devidas adaptações.

“O principal diferencial dessa obra é a racionalização, tanto dos recursos públicos quanto dos espaços públicos”, enfatiza a pró-reitora de Planejamento da UEPG, professora Andrea Tedesco. Ela explica que é um projeto que pode ser adaptado para outras cidades, o que proporciona uma economia de recursos públicos e agilidade no desenvolvimento dos projetos. Segundo a professora, é um projeto importante para toda a comunidade. “É uma estrutura de polícia científica bem equipada, moderna e em um local de fácil acesso, e ainda conjugada a uma estrutura acadêmica, tanto para ensino quanto para pesquisa e extensão. Isso permite que o nosso aluno veja o trabalho de análises anatômicas na prática e que possa ter um intercâmbio de informações também com a Polícia Científica, dentro do que a legislação permite”.

Com investimento de mais de 10 milhões de reais, a estrutura terá 2.658,6 m², dos quais 985,34 m² serão destinados ao Centro de Anatomia e 1.673,26 m² ao Instituto Médico Legal, dispostos em um terreno próximo ao Hospital Universitário, com área total de 6.350,92 m². Como explica a professora Andrea, a área em que estará o prédio passa a ser de uso conjugado da UEPG e da Polícia Científica, a partir de um termo de concessão de uso.

“Vemos a implantação deste projeto dentro da universidade como uma pauta muito positiva, pois é um ganho tanto para a sociedade quanto para as instituições e seus acadêmicos, que vão poder usufruir desse benefício”, enalteceu o Secretário da Segurança Pública do Paraná, Romulo Marinho Soares. “A unidade deverá ser uma das mais modernas do Brasil, com estrutura adequada e tecnologia, que servirá de modelo para projetos em outras cidades”.

“A construção do IML no campus de Uvaranas reflete a filosofia de nossa gestão: aproximar a universidade da sociedade”, destaca o reitor da UEPG, professor Miguel Sanches Neto. Reunindo as atividades do IML, o Serviço de Verificação de Óbitos e o Centro de Anatomia, o novo prédio contempla a melhoria do atendimento da população e da formação de novos profissionais, com aulas práticas, acompanhamento de atividades e a possibilidade de ofertar o programa de residência em medicina legal. “Queremos fazer do IML um campo de ensino, pesquisa e extensão, trabalhando colaborativamente com a Polícia Científica e outros órgãos afins”, complementa.

Atendimento à população e formação profissional

O diretor-geral da Polícia Científica, Luiz Rodrigo Grochocki, aponta que serão destinados laboratórios de uso compartilhado, com espaço para ensino e pesquisa e para a atividade de perícia criminal. “A proposta é de uma estrutura moderna, inovadora, que gerará um atendimento melhor para a população e uma economia para o serviço público”.

A unidade será uma das mais modernas do Brasil e deve atender à demanda de toda a região dos Campos Gerais, comemora o Deputado Estadual Rodrigo Estacho, que indicou a verba para a contratação dos projetos complementares. “No futuro, a estrutura poderá se estender para cursos de formação de médicos legistas e também ser disponibilizada para uso de outras universidades”, destacou. O projeto contou, ainda, com o apoio do Deputado Estadual Hussein Bakri, líder do governo na Assembleia Legislativa.

Na terça-feira (13), o projeto foi entregue pelo reitor da UEPG e pela pró-reitora de Planejamento ao Secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares. Também participaram da reunião o Deputado Rodrigo Estacho; o diretor-geral da Polícia Científica, Luiz Rodrigo Grochocki; o chefe de engenharia da Secretaria da Segurança Pública, tenente-coronel Ivan Fernandes; e o assessor da Polícia Científica na Secretaria, Ciro Pimenta.

Texto e fotos: Aline Jasper

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.