Sirenes de alerta serão testadas em Tibagi

Sirenes de alerta serão testadas em Tibagi

Da Assessoria

Tibagi – A Defesa Civil de Tibagi e a Usina Hidroelétrica (UHE) Tibagi Montante anunciaram que farão testes com sirenes de alerta a partir do dia 28 de junho. Durante o dia a sirene irá alertar que se trata de teste e vai tocar por alguns segundos.

Essa ação, de acordo com informativo da UHE Tibagi Montante, faz parte do Plano de Ação de Emergência (PAE) da Usina que tem como objetivo implantar sistema de alerta e de prevenção, que deve ser acionado apenas em situação de emergência com a barragem, de modo que a população seja avisada a tempo de executar as ações previstas no PAE.
Ao todo quatro sirenes de emergência foram instaladas em Tibagi próximas a áreas ribeirinhas, local de foco das ações visto que a população de outras regiões mais altas não são afetadas. Uma fica na própria usina, outra na Escola Municipal Professor Aroldo, outra na Prefeitura Municipal de Tibagi e a última na Praça Santa Paula.

É importante esclarecer que a barragem da UHE Tibagi Montante não está com nenhuma rachadura e não apresenta nenhum problema estrutural. Esta é uma medida preventiva e obrigatória para garantir a segurança de todos os tibagianos que moram próximos ao Rio Tibagi.
Além da sirene, fazem parte do Plano de Ação de Emergência a instalação de placas com a sinalização de rotas de fuga e também de pontos de encontro seguros para a população. O sinal de alerta será tocado em caso de alguma situação de risco que possa comprometer a estrutura da barragem. Isso não significa que a barragem rompeu.

Caso aconteça o acionamento da sirene, a população deverá seguir, com calma e de forma segura, pela Rota de Fuga até o Ponto de Encontro mais próximo, pois haverá tempo suficiente para o deslocamento. Além disso, futuramente será marcado treinamento simulado de evacuação para testar as rotas e a sinalização.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.