Secretário de Tibagi participa de videoconferência promovida pelo Ministério do Turismo

Secretário de Tibagi participa de videoconferência promovida pelo Ministério do Turismo

Da Assessoria

Tibagi – O secretário municipal de Turismo, Rhamonn Rangel Cottar, participou, na tarde de quinta-feira (8), de uma qualificação promovida pelo Ministério do Turismo (Mtur), por meio de videoconferência, sobre o Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur). A qualificação foi ministrada por Fernanda Salim, coordenadora-geral de Formalização e Fiscalização de Prestadores de Serviços Turísticos do MTur. Além de Rhamonn, também participou da qualificação a estagiária Bianca Bueno.

De acordo com Rhamonn, os principais itens abordados na qualificação foram perfis de acessos, login (recuperação de senhas), identificação facial, geração de relatórios e possíveis problemas com cadastramento de empresas (como solucionar). “Foi um importante momento para entendermos a importância de saber usar a ferramenta do Cadastur para colocar em operação o cadastramento das empresas do segmento do turismo, em especial as de hospedagem e gastronomia e, claro, também os guias de turismo”, explicou. “São peças importantes e que vão nos ajudar a colocar Tibagi numa condição de destaque junto ao Ministério do Turismo, de forma a cumprir essa prerrogativa de todas as empresas estarem no Cadastur, mas também auxiliar nas tomadas de decisões para as políticas públicas de Turismo aqui de Tibagi”, complementou.

Fernanda Salim destacou a iniciativa da Secretaria “para o desenvolvimento do turismo no municipio”. “O Ministério conta exatamente com a atuação de secretários como você, que correm atrás, mesmo, do desenvolvimento do turismo para melhorar a captação de recursos”, disse ela, ressaltando a importância do Cadastur, do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), do mapa turístico e do Selo de Turismo Responsável. “A gente tem o cardápio digital, que eu posso passar pra vocês, de todos os serviços que o Ministério do Turismo oferece”, afirmou, lembrando que o Cadastur “é a ferramenta que vocês podem ter a noção de quem realmente trabalha com turismo, para terem esse recorte da economia e poderem trabalhar e desenvolver ações para desenvolver o município”. “Vocês estão no caminho certo”, finalizou.

Cadastur permite ao prestador atuar legalmente*

O Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), do Ministério do Turismo, é o cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor turístico. É obrigatório para meios de hospedagem, agências de turismo, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, parques temáticos, acampamentos turísticos e guias de turismo-MEI (Microempreendedor Individual). Outras atividades podem ser cadastradas em caráter opcional.

O Cadastur permite ao prestador atuar legalmente, de acordo com a Lei do Turismo (Lei Federal 11.771, de 17 de setembro de 2008, que dispõe sobre a Política Nacional de Turismo e define as atribuições do governo federal no planejamento, desenvolvimento e estímulo ao setor turístico), por meio da emissão do Certificado Cadastur, assim como oferece benefícios aos cadastrados.

*Com informações dos endereços eletrônicos Cadastur e Planalto.gov.br

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.