Primeira-dama e Provopar entregam agasalhos no distrito de São Bento

Primeira-dama e Provopar entregam agasalhos no distrito de São Bento

Da Assessoria

Tibagi – A primeira-dama de Tibagi, Kelly Oliveira, que também é chefe de Gabinete e secretária municipal de Assistência Social, promoveu, na tarde do último dia 30, a entrega de acolchoados e ponchos e agasalhos para crianças na vila Salomão, distrito de Caetano Mendes. Kelly estava acompanhada da coordenadora do Programa do Voluntariado Paranaense (Provopar) de Tibagi, e Marcia Pacheco. A entrega foi uma ação conjunta entre a primeira-dama e o Provopar.

De acordo com Kelly, foram entregues 35 acolchoados, 50 conjuntos de microfibra e dez ponchos a cerca de 40 famílias, além de roupas coletadas pela Campanha do Agasalho, iniciada no final de maio. “Foram as costureiras do Provopar que confeccionaram os conjuntos de microssoft e também os acolchoados”, conta Kelly.

Essa foi a segunda entrega de agasalhos ocorrida desde o final de maio, quando teve início a Campanha do Agasalho. Em 15 de junho, também houve entrega de conjuntos de microssoft na região da Subprefeitura do distrito de São Bento. “Está prevista outra ação em parceria com a [Cooperativa] Sicredi, que se responsabilizou pela confecção de conjuntos de microfibra”, relata.

Voluntária

Marcia Pacheco conta que esta é a primeira vez na história do Provopar tibagiano que o trabalho de assistência está sendo feito dentro dos parâmetros da Lei Orgânica da Assistência Social (Loas). “Contamos, hoje, com o trabalho de uma assistente social, que trabalha de forma voluntária”, diz. Segundo ela, as pessoas são encaminhadas ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras), onde é feita uma triagem. “Depois, o Cras nos encaminha essas pessoas para recebimento de roupas e calçados. Contamos, também, com a ajuda de pessoas da comunidade e de empresas”, afirma.

De acordo com Marcia, com o início do inverno, em 21 de junho, quadruplicou a quantidade de cadastros recebidos mensalmente pelo Provopar. “De 50, em média, antes do inverno, passamos para quase 200, hoje”, afirma.

***

Provopar é o ‘braço forte’ da Secretaria de Assistência Social

O Programa do Voluntariado Paranaense (Provopar) está em Tibagi desde 1995. De acordo com a coordenadora Marcia Pacheco, a entidade atende pessoas de extrema vulnerabilidade social. Ela estima que, atualmente, cerca de 4,5 mil pessoas estejam nessa condição, no município. Perto de 80% dessas pessoas recebem o benefício do programa federal Bolsa-Família.

Na avaliação de Marcia, o Provopar, que está instalado no antigo barracão de artesanato, na entrada da cidade, se constitui, hoje, no “braço forte” da Secretaria Municipal de Assistência Social. É lá que são confeccionados os pijamas, em microfibra (“microsoft infantil”) para crianças de zero a 10 anos, os ponchos infantis e também os acolchoados. “Esse trabalho só está sendo realizado devido à ajuda da Assistência Social, e da população”, ressalta.

Marcia conta que tem duas preocupações à frente do Provopar: conseguir mais tecido para a confecção de agasalhos e mais gente para trabalhar na confecção dos agasalhos e acolchoados. “Estamos com déficit de mão de obra. Contamos somente com duas costureiras”, explica. Segundo ela, nos meses de abril, maio e junho deste ano, o Provopar repassou 45 jogos de cama (contendo lençol, sobrelençol e fronha) ao Hospital Luíza Borba Carneiro.

Associação civil

Conforme o site provoparestadual.org.br, o Provopar é uma associação civil, com personalidade jurídica de direito privado, sem fins econômicos e lucrativos, com a finalidade de assistência social, educacional, beneficente, cultural, ambiental, saúde e geração de renda. Foi criado pelo Decreto Estadual 2.194, de 15 de abril de 1980, e era vinculado à então Secretaria de Estado da Saúde e Bem Estar Social.

Em 17 de junho de 1983, quando sua presidente era a então primeira-dama Arlete Richa, o Provopar foi desvinculado do Estado e passou a atuar em parceria com a sociedade civil e órgãos governamentais, “colocando em prática uma série de programas de natureza social, de apoio aos projetos de geração de renda e inclusão social”. A atual presidente do Provopar de Tibagi é Dilcéia Maria de Oliveira.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.