Prefeitura de Tibagi e UHE Tibagi Montante discutem uso do entorno do reservatório

Prefeitura de Tibagi e UHE Tibagi Montante discutem uso do entorno do reservatório

Da Assessoria

Tibagi – A Prefeitura de Tibagi e representantes da usina hidroelétrica (UHE) Tibagi Montante se reuniram na segunda-feira (30 de maio) para uma conversa inicial sobre possibilidades de parcerias e benefícios que o PACUERA, que é o Plano Ambiental de Conservação e Uso do Entorno de Reservatórios Artificiais, pode trazer para o município.

Qualquer atividade potencialmente poluidora que por ventura forem desenvolvidas deverão ser submetidas a licenciamento ambiental. Além disso, todas as ações deverão ser pautadas pelo desenvolvimento sustentável e as áreas possuem usos permitidos, permissíveis e proibidos.

De acordo com o prefeito Artur Butina, essa foi uma conversa inicial para que os primeiros procedimentos possam ser adotados e já existem alguns planos previstos para o uso do entorno do reservatório da usina.
O PACUERA da UHE Tibagi Montante foi aprovado pelo Instituto Água e Terra através da Portaria nº 398/2021. O plano faz parte da política brasileira de recursos hídricos estabelecida através de Lei Federal. Ela busca estabelecer diretrizes para o zoneamento ambiental do uso das águas, ocupações do entorno do seu reservatório, otimização de benefícios sociais e também a proteção ambiental.

Segundo Vitor Sendin, Gerente de Meio Ambiente da usina, esse PACUERA foi o primeiro aprovado pelo Instituto Água e Terra e pode ser considerado uma vitória para toda a população de Tibagi. Esse plano estabelece as regras de convívio e uso do lago e ainda abre a possibilidade da criação de áreas de lazer, em benefício da população e do turismo, além de fortalecer o compromisso da UHE Tibagi Montante para com o desenvolvimento sustentável e a preservação do meio ambiente.

Ao todo foram realizadas 16 sessões presenciais de apresentação do PACUERA e uma sessão virtual e ao vivo, no dia 27 de maio de 2021. Nesses momentos a população de Tibagi pode dar sugestões de sobre as possibilidades de uso do reservatório, como por exemplo, a existência de áreas de lazer, práticas de esportes, banho, dentre outros usos.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.