Osmar Blum faz balanço de seus dois mandatos em Carambeí

Osmar Blum faz balanço de seus dois mandatos em Carambeí

Da Assessoria

Carambeí – O Prefeito Osmar Blum Chinato (PSD) encerra 31 de dezembro o segundo mandato à frente da Prefeitura de Carambeí. Ele administrou o município por duas gestões, de 2013 a 2017 e de 2017 a 2020. Ele afirma que sai vitorioso e com um saldo de mais de R$ 85 milhões em investimentos em infraestrutura urbana com a execução de obras que eram aguardadas por décadas pela população.

“Em 2013 assumimos um município carente de infraestrutura urbana, com a maioria das ruas dos bairros sem pavimento, com as vilas Banana e Mangabeira com esgoto correndo a céu aberto, fomos em busca de parcerias com o Governo do Paraná, tivemos o apoio fundamental do deputado estadual Plauto Miró, do ex-governador Beto Richa, na época secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e agora como governador Ratinho Jr., do deputado federal e secretário de Estado do SEIL, Sandro Alex, não posso esquecer os deputados estaduais Artagão Jr e Alexandre Curi, o secretário de Estado do SEDU, João Carlos Ortega, foram fundamentais para que tirássemos do papel importantes obras”, conta Blum.

O prefeito executou o maior programa de pavimentação da história do município. O primeiro desafio foi à conclusão da revitalização da Avenida dos Pioneiros que serve de ligação às indústrias da cidade e ao Parque Histórico de Carambeí, além de ser um dos cartões postais do município. Ela ganhou também um portal na entrada da cidade e uma nova rotatória nas proximidades da Cooperativa Frísia.

Foram investidos mais de R$ 41 milhões na pavimentação de 71 ruas, num total de 17,6 quilômetros de vias urbanas, que se somam aos 6,5 quilômetros da Nova Estrada do Catanduvas e aos 6,4 quilômetros do Contorno Sul, que está sendo licitado, ultrapassa a marca de 30 quilômetros de asfalto e 170 quadras asfaltadas. “A maior realização é ver as ruas das vilas Mangabeira e Banana pavimentadas, é um sonho realizado”, avalia. Todas as ruas que já contavam com asfalto foram recuperadas através da fresagem e micropavimentação. A Vila Lajeado ganhou uma ponte de concreto.

Além da pavimentação urbana, a administração municipal investiu na zona rural. Uma demanda histórica e um verdadeiro problema para moradores e usuários que enfrentavam buracos e prejuízos chega ao fim com a pavimentação da Nova Estrada do Catanduvas. “O projeto para a continuidade já está pronto e o recurso garantido, é só licitar a obra”, conta. Nas localidades de Pilatos e Limpo Grande o beneficio chegou com a pavimentação poliédrica, que também chegará para os produtores rurais da região da Santa Cândida, as obras estão em andamento.
“Os trabalhos seguem, sete ruas do Jardim Eldorado estão em obras de pavimentação. Mais três ruas estão sendo licitadas. O Eldorado terá 100 por cento das ruas pavimentadas, assim como a cidade como um todo chegará perto de ter todas as ruas com pavimento”, cita Blum.

Um dos principais desafios foi à área da saúde. Em 2013 apenas 11 médicos atendiam a população. Esse número saltou em 2020 para 27 profissionais. Os investimentos em medicação especial passaram de R$ 80 mil, em 2013, para R$ 400 mil em 2020.

A Prefeitura aumentou o repasse para compra de medicamentos e hoje Carambeí investe cerca de R$ 60,00 por habitante ao ano na aquisição de medicamentos, enquanto o Estado aplica R$ 2,36 e o governo federal R$ 5,10. “Investimos cerca de R$ 2 por habitante para consultas com especialistas e exames através do Consorcio Intermunicipal de Saúde. Para comparar, Piraí do Sul paga R$ 0,20 por habitantes, é mais consultas e menos tempo na fila”, avalia. “Construímos duas unidades básicas de saúde, reformamos e ampliamos outras quatro”, destaca o prefeito.

Outro destaque na saúde foi à adesão ao CIM SAMU, que já presta atendimento ao município e a base na cidade já está próxima de ser concluída, que abrigará uma equipe de socorristas e uma ambulância, que ficarão a disposição da população.

Na área da educação um dos destaques é a construção da sede própria da Escola Municipal Tônia Harms, no bairro Boqueirão, com 12 salas de aula e quadra poliesportiva coberta que vai solucionar o problema de espaço, pois divide o mesmo prédio com o Colégio Estadual Eurico Batista Rosas, além de reformas e ampliações de unidades escolares e Cmeis. “Hoje, alunos e professores contam com ar condicionado em todas as salas de aula”.
A área da segurança sempre será um desafio. A prefeitura instalou a Central de monitoramento por câmeras. São onze pontos com equipamentos de vigilância 24 horas. Todas as imagens são monitoradas na central instalada no Bombeiro Comunitário.

Na área da Assistência Social foram atendidas em média cerca de 1,2 mil pessoas por ano. “Os idosos foram bem assistidos com atividades no Centro de Convivência do Idoso, com destaque para a hidroginástica”, lembra.
O saneamento básico foi outra preocupação, nas Vilas Banana e Mangabeira o esgoto corria a céu aberto, hoje a realidade é outra com a rede instalada e ruas asfaltadas. Os moradores da Vila Mariane também foram beneficiados, além da rede foi construída uma estação elevatória.

A água potável chegou às torneiras dos moradores das localidades da Campina do Jetuva, Catinha, Limpo Grande, Cassandoca, Campina e Serrinha,
No Meio Ambiente o destaque vai para o Programa Troca Saudável, que consiste em trocar 4 quilos de material reciclado por 1 quilo de frutas e verduras, e virou rotina se deparar com filas de pessoas com material reciclado para realizar a troca nos pontos estabelecidos.

No Centro de Triagem de Resíduos Sólidos, gerido em comodato com a COOPAM (Cooperativa Ambiental de Carambeí), foram investidos mais de R$ 800 mil, através de convênio entre o município, Funasa e Águas Paraná, na aquisição de um caminhão de coleta seletiva, empilhadeira, esteiras, funil de alimentação, prensas, triturador de galhadas, elevadores e carrinhos de movimentação de fardos, containers, extrator, picador, peneira, fragmentadora, balanças e medidores e mesa de separação e também uma balança rodoviária.

O cemitério municipal foi revitalizado, capela mortuária reformada e a capacidade foi ampliada com a construção de novos túmulos. Toda fachada e muros receberão pinturas e revitalização com detalhes que deixará o visual mais atualizado.

A Prefeitura de Carambeí inovou na iluminação da cidade com a instalação de mais de 2,1 mil luminárias com tecnologia de LED que trazem eficiência e economia na iluminação pública, com investimentos de mais de R$ 1,5 milhão.

A frota do Parque de Máquinas foi renovada com aquisição de novos equipamentos, com destaque para a escavadeira hidráulica, duas novas motoniveladora, uma pá carregadeira, um rolo compactador, duas retroescavadeiras, quatro novos caminhões e uma bobcat.

Blum executou o maior programa de habitação da história de Carambeí com investimentos de aproximadamente R$ 13 milhões na construção de 175 unidades habitacionais. O Plano de Regularização Fundiária Municipal realizou o sonho de 221 famílias das Vilas Mangabeira e Banana. A lei nº 1358/2020 estabelece normas para a Regularização Fundiária Urbana – Reurb em Carambeí vai beneficiar nos próximos anos cerca de 700 famílias.
Foram construídas cinco novas quadras de grama sintética que beneficiam moradores dos bairros AFCB, Boqueirão, Centro, Limpo Grande e Jardim Bela Vista 3. 10 localidades contam com academias ao ar livre.

A democratização da internet é uma lição que o município de Carambeí realizou com aplicado desempenho. Onze torres de transmissão, sendo cinco no perímetro urbano e seis para atender a região do Catanduva, fazem a transmissão gratuita do sinal de internet via rádio para toda a população, além do sinal wi-fi nos hot spots instalados nas torres e na Praça Cívica.
O sistema de torres também possibilitou a interligação de todos os departamentos e secretarias, com dados “full time” disponibilizados para maior eficiência dos serviços prestados a comunidade, sendo a primeira prefeitura do Brasil que tem 100% dos serviços em nuvem. Modernização da gestão pública que imprime a tecnologia da informação nos serviços básicos.

O prefeito ressalta que apesar do desafio de gerir o município em meio a pandemia entrega a prefeitura em ordem, com as contas em dias, salário do funcionalismo em dia, assim como foram em todos os anos, e com obras licitadas e em andamento. “Em 2021 a nova gestão já inicia com as obras das novas ruas de acesso ao Paço Municipal, obras da via marginal, projeto do Parque Lacustre no Bairro Boqueirão, pavimentação poliédrica na Santa Cândida e a retomada das obras do Contorno Sul”, enumera.

Após 25 anos de aluguel
A prefeitura de Carambeí gastava em torno de R$ 572 mil por ano só para pagar o aluguel de sua sede e de parte de suas 10 secretarias, instaladas em diferentes imóveis, a maioria locados. Hoje, a realidade é outra, no aniversário de 25 anos de emancipação político-administrativa foi entregue a comunidade a sede própria do Paço Municipal, um edifício moderno e espaçoso todos os órgãos municipais.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.