Maltaria Campos Gerais é inaugurada na presença do governador Ratinho Junior

Maltaria Campos Gerais é inaugurada na presença do governador Ratinho Junior

*Quatro em cada dez cervejas produzidas no Brasil virão através do malte produzido no estado.

Da Redação

Um dos maiores projetos de intercooperação no país, a Maltaria Campos Gerais foi inaugurada nesta quinta-feira (06), em Ponta Grossa. A nova estrutura industrial é resultado da união de seis cooperativas: Agrária, Bom Jesus, Capal, Castrolanda, Coopagrícola e Frísia, com investimento de R$ 1,6 bilhão. A solenidade teve a presença dos representantes das seis cooperativas, do governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior, autoridades, empresários, políticos e líderes cooperativistas.
O presidente do Sistema Ocepar (Organização das Cooperativas do Estado do Paraná), José Roberto Ricken, destacou a união para a realização de um investimento tão expressivo. “Esta obra representa fruto do espírito cooperativista que nos move. A intercooperação é um dos sete princípios do cooperativismo mundial e aqui, hoje, vemos tudo isso ser colocado em prática, com a união de seis cooperativas, Agrária, Bom Jesus, Capal, Castrolanda, Coopagrícola e Frísia, numa demonstração de que é possível realizar um investimento deste tamanho de forma conjunta e que irá impulsionar ainda mais o desenvolvimento da região e dos cooperados”, afirmou Ricken.
O acordo entre as cooperativas foi assinado em 2021 e as obras tiveram início em janeiro de 2022. A indústria foi construída às margens da PR-151, entre os municípios de Ponta Grossa e Carambeí. O empreendimento está enquadrado no Programa Paraná Competitivo. O negócio tem capacidade de produção de 280 mil toneladas de malte por ano. Para suprir a necessidade industrial, a intenção é ampliar o plantio da cevada entre os produtores rurais cooperados a Bom Jesus, Capal, Castrolanda, Coopagrícola e Frísia, abrangendo áreas que vão do sul de São Paulo ao norte de Santa Catarina.
Para estimular a produção de cevada, a Fapa – Fundação Agrária de Pesquisa Agropecuária, com o suporte da Fundação ABC, vem trabalhando na pesquisa de cultivares que melhor se adaptam às características climáticas da região. Dentro deste contexto, a Agrária atua com sua experiência no mercado cervejeiro, já que há mais de 40 anos atua na produção de malte.
Com a Maltaria em pleno funcionamento, estima-se que quatro em cada dez cervejas produzidas no Brasil virão através do malte produzido no estado.

Foto: Emerson Teixeira

Redação Página 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.
× Fale com o P1 News!