Alerta geada entrou em operação nesta terça-feira

Alerta geada entrou em operação nesta terça-feira

Luana Dias

Entrou em operação nesta terça-feira (3) o Alerta Geada, serviço que o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-Paraná) e o Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar) oferecem aos produtores rurais com o objetivo de avisar com antecedência a possibilidade de ocorrer danos à agropecuária em virtude do frio.

Durante o período de operação (de maio a setembro), os pesquisadores publicam diariamente um boletim informativo sobre as condições meteorológicas e a evolução de massas polares no Estado, que pode ser acompanhado também no aplicativo.

O serviço está disponível gratuitamente na App Store e no Google Play, nas páginas do IDR-Paraná, do Simepar e, ainda, pelo telefone (43) 3391-4500. Além do boletim diário, um pré-alerta é emitido e amplamente divulgado com 48 horas de antecedência diante de eventuais aproximação de massas de ar frio com potencial de causar danos à agropecuária. Caso as condições persistam, um novo aviso é expedido em até 24 horas antes da possível ocorrência do fenômeno. Os alertas de geada também podem ser recebidos no aplicativo Telegram. Interessados devem cadastrar o número de telefone

Serviço

Em operação desde 1995, o Alerta Geada, originalmente formulado para a proteção dos cafezais paranaenses, vem beneficiando vários setores da agropecuária, lembra a agrometeorologista do IDR-PR, Heverly Morais. “Na silvicultura, por exemplo, para a proteção de viveiros e de mudas recém-implantadas no campo, produtores de hortaliças, aves e suínos também buscam os alertas emitidos pelo serviço”, diz a pesquisadora.

Clima

A ocorrência da chuva, que começou ainda na madrugada desta terça-feira (3) pode fazer com que a temperatura dos próximos dias fique abaixo dos 10 graus, no entanto, a frente fria que está prevista para a região ainda não será tão intensa. De acordo com informações do Simepar, na madrugada de quarta-feira (4), as condições ainda serão favoráveis para pancadas de chuva e descargas atmosféricas, inclusive nos Campis Gerais. No decorrer do dia as chuvas devem perder força e ingressa a massa de ar fria, o que deve manter as temperaturas amenas ao longo do dia, e mais baixas a partir de quinta, até pelo menos o final de semana.

De acordo com a meteorologista, Lidia Luisa Mota, muitas áreas de chuva seguem atuando sobre o Paraná, mas em geral, são pancadas fracas, e mesmo que em maior volume, em algumas regiões, não deve haver incidência de raios. “Apesar das chuvas, pouca atividade elétrica está sendo registrada. Os maiores acumulados de chuva até o momento estão sobre as regiões de Palmas (69,6 mm) e de Palmital (48,2 mm)”, destacou.

Com Assessoria

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.