Operário vence o Confiança fora de casa

Operário vence o Confiança fora de casa

Da Assessoria

O Operário Ferroviário venceu o Confiança por 2 a 1, na noite desta segunda-feira (11), na Arena Batistão, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o resultado, o alvinegro chega a 48 pontos e sobe para a oitava colocação.

O jogo

O adversário abriu o placar aos sete minutos do primeiro tempo, com Iago. O Fantasma reagiu e criou oportunidades para buscar o empate. Aos 27 minutos, Marcelo cobrou escanteio e mandou a bola no travessão. Um minuto depois, Alex Silva cruzou pela direita, mas Ricardo Bueno se chocou com o jogador do Confiança e não alcançou. Aos 35 minutos, o atacante teve nova chance, quando recebeu cruzamento de Pedro Ken, e cabeceou perto do gol.

Bueno foi quem deixou tudo igual no placar aos oito minutos do segundo tempo: Marcelo cobrou escanteio e o camisa 9 cabeceou para balançar as redes. Aos 13 minutos, Rafael Oller saiu jogando, invadiu a área e, na finalização, a defesa adversária mandou para escanteio. Aos 41, Alex Silva cobrou falta e Bueno cabeceou para fora. Três minutos depois, o atacante arriscou chute de longe e a bola passou ao lado do gol. Aos 47 minutos, foi a vez de Jean Carlo chutar de fora da área, mas a bola cobriu o gol. A virada do Operário veio aos 48 minutos: Rafael Chorão cobrou escanteio e a bola sobrou para Reniê matar no peito e mandar no ângulo.

O alvinegro iniciou o jogo com Martín Rodríguez, Alex Silva, Rafael Bonfim, Ricardo Silva, Fabiano, Leandro Vilela, Pedro Ken, Marcelo, Rafael Oller, Maranhão e Ricardo Bueno. No segundo tempo, entraram Rafael Chorão, Thomaz, Jimenez, Jean Carlo e Reniê para saída de Pedro Ken, Maranhão, Leandro Vilela, Marcelo e Rafael Oller.

Avaliação do treinador

Em entrevista coletiva por videoconferência, o técnico Matheus Costa falou sobre a vitória fora de casa. “Conheço bem a equipe do Confiança e os atletas de forma individual, era uma grande preocupação minha o lado do campo deles. Infelizmente, nós não entramos na partida da forma que deveríamos ter entrado. Eles acabaram ganhando uma bola longa, utilizando as nossas costas, e, em uma jogada individual, concluindo em gol. E as coisas ficaram mais difíceis, porque quando você sofre um gol no início da partida, já dá uma desarmada na sua estratégia. Mas nós tivemos paciência e capacidade para manter o equilíbrio do jogo. A gente fica muito satisfeito com isso: criamos algumas alternativas para procurar envolver a equipe do Confiança e fomos felizes. Isso mostra a força do nosso coletivo, porque fizemos cinco substituições, alteramos a forma de jogar e a gente conseguiu ser muito feliz. Então, tenho que parabenizar a todos os atletas. Temos um coletivo forte, mas a individualidade deles foi fundamental para a vitória hoje.”

Próxima partida

O Fantasma volta a jogar pela Série B na quinta-feira (14) contra o CRB, às 19h15, no Estádio Germano Krüger.

Foto: Luiz Neto

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.