Sandro A. Carrilho

Sandro A. Carrilho

INSTABILIDADE
A candidatura de Moacyr Fadel (Patriota), à reeleição na prefeitura de Castro, ainda passa por instabilidade. Após o registro de recurso à decisão da juíza que deferiu o processo e o tornou apto ao pleito, a situação de sua candidatura recebeu o status de ‘deferida com recurso’.

PRAZO
O recurso foi protocolado no sábado (24), por Francisco Delmar Kotelinski, que ao final do mês de setembro já havia registrado uma ‘Notícia de Inelegibilidade’ em face da candidatura do atual prefeito. Moacyr, até na tarde de quinta-feira (29), não havia apresentado defesa.

EXPECTATIVA
Agora, o recurso ao deferimento será encaminhado para o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), e em poucos dias deverá sair a decisão do órgão, pela manutenção da decisão da juíza em primeira instância, ou pela revogação da candidatura de Moacyr. O documento protocolado no último sábado, cita os já conhecidos processos que envolvem o nome do candidato.

FUNDO PARTIDÁRIO
Das quatro cidades pesquisadas pelo Página Un News, Carambeí continua sendo o município onde uma candidata à prefeitura recebeu o maior valor. Elisângela Pedroso poderá empregar na sua campanha R$ 40 mil.

FUNDO PARTIDÁRIO II
O valor até parece pouco, mas se comparado a município maiores como Palmeira onde o valor é menor e Tibagi onde nenhum dos três candidatos foi agraciado, R$ 40 mil parece ser bastante.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.